segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Mito ou verdade: O computador está morrendo?

Mito ou verdade: O computador está morrendo?, computador está morrendo, mito ou verdade, pc, gabinete, mito ou verdade computador está morrendo

Com a popularização da plataforma móvel, como notebooks, tablets, smartphones e, mais recentemente, ultrabooks, muito tem se falado sobre a morte do computador de mesa, aquele com gabinete e monitor, que fica parado sobre a mesa do escritório ou do quarto. Recentemente, novos indicativos da indústria de computadores pessoais reforçaram a ideia de que algo não está bem no mercado de computadores de mesa. E a principal fonte a confirmar essa baixa na popularidade dos PCs é, nada menos, do que o próprio Google.

Pesquisas indicam baixa procura por computadores


O Google possui uma ferramenta muito interessante para o mercado financeiro e que permite, entre outras coisas, comparar o tráfego de buscas sobre uma determinada indústria com a variação cambial de suas ações nas principais bolsas de valores do mundo.
Apesar de ser impossível visualizar esse tráfego por empresas específicas, muitos podem usar esses gráficos como formas de fazer previsões para o mercado de 27 indústrias diferentes, que vão desde o mercado de seguros e viação até computadores e dispositivos móveis.

Como bem notado pelo site Tom’s Hardware, a seção com o tráfego da indústria de computadores e eletrônicos exibe uma queda vertiginosa de 2004 até 2012, diminuindo em quase 52% a procura por termos como “windows”, “hp”, “mac”, “ipod”, “google”, “dell”, “sony” etc. É claro que fica difícil fazer uma previsão mais séria sem ter os detalhes de quais tráfegos foram selecionados para a elaboração do gráfico e como isso foi feito. Mas, mesmo assim, é possível ter uma ideia do que nos aguarda.

Enquanto a busca de computadores caiu pela metade, a seção “Mobile & wireless” apresenta um aumento de quase 26% na popularidade de termos como “phone”, “apps”, “iphone”, “blackberry” e outros. Se depender dos dados coletados pelo Google, parece que o futuro será mesmo cruel para o computador comum.

Computadores: o início do fim


É claro que o mercado é bastante dinâmico e, em alguns anos, uma nova invenção pode alterar o cenário atual. Mas, por enquanto, o computador pessoal como conhecíamos começa a apresentar indícios de que está caminhando para o seu fim. Nesta semana, a Apple apresentou números muito curiosos durante o lançamento do iPhone 5 e que atestam a popularidade do iPad. Até junho de 2012, por exemplo, foram vendidas 84 milhões de unidades do tablet, o que representa uma fatia de 62% do mercado e 91% do tráfego web de tablets em todo o mundo.

Os dados mais recentes da imprensa especializada, como os publicados neste artigo, dão cada vez mais respaldo às palavras da Apple: estamos mesmo na era pós-PC. É claro que as pessoas continuam navegando e fazendo buscas online, mas elas não têm usado um desktop para isso. Para completar o quadro, os notebooks também têm sido deixados cada vez mais de lado. É claro que os computadores comuns ainda têm espaço no mundo de hoje, mas isso não nega o fato de que estão perdendo a popularidade.



Fonte:Tom’s HardwareFortuneCNN MoneyGoogle Finance, Tecmundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...