terça-feira, 3 de maio de 2011

ENTRE UM PEDAÇO E OUTRO (ENSAIO SOBRE O CANIBALISMO)

Por blog do Elizeu Cardoso


assim começava o ritual...

(PRIMEIRA PARTE)
o ingrediente (esqueçam sal, pimenta do reino, óleo...etc)

ao chegar na aldeia, o prisioneiro tinha que se apresentar dizendo: “aqui chegou a sua comida”
(nada a ver com homossexualismo contemporâneo, era comida mesmo...)
as mulheres raspavam sua sobrancelha e dançavam de alegria.
(claro, homem bom é homem morto)
depois, o cativo podia passar meses vivo.
(sim, sim, passar meses mortos não tem sentido, quando se morre é pra vida toda).
na véspera do sacrifício, várias aldeias se reuniam para beber o cauim, um drinque de milho e mandioca fermentados
(a cachaça sempre amenizou essa coisa fortes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...